Cinema

"Participação em obras do cinema nacional, como atriz e preparadora de atores."

Noites Paraguayas

Julia Pascali participou deste filme como atriz que é o primeiro longa-metragem do cineasta Aloysio Raulino. O filme aborda as correntes migratórias provenientes do Paraguai, partindo da zona rural da fronteira, que chegam a São Paulo. O tema coloca em pauta os grandes deslocamentos sociais do Brasil moderno, o confronto entre sociedade rural, baseada na família e na religiosidade, e o mundo da cultura da mercadoria, visto como espaço da alienação. Segue o link para conhecer essa produção nacional: https://www.youtube.com/watch?v=8EizJjz8a54

Vera

Neste longa-metragem, Julia Pascali foi responsável pela preparação de ator do elenco feminino, cujos ensaios foram no ambiente e celas recém-ocupados pelas internas. Sérgio Toledo criou o roteiro e dirigiu baseado no livro "A Queda para o Alto", de Anderson Hezer, que recolheu depoimentos e poemas de Sandra Maria Herzer, interna da FEBEM. O filme conta a história de Vera, uma menina que luta para encontrar seu lugar num mundo cada vez mais complexo e hostil. Órfã, passa a adolescência num internato onde, aos poucos, começa a desenvolver uma personalidade masculina e a se impor às outras meninas. Aos dezoito anos, sai do internato e, com a ajuda de um professor, consegue arranjar emprego e começar a vida. No trabalho, conhece Clara (Aida Leiner) e tenta se aproximar dela. As duas se tornam amigas e Vera (Ana Beatriz Nogueira) radicaliza seu comportamento, tentando convencer Clara de que é um homem, vestindo-se e comportando-se como tal. Segue o link para conhecer essa produção nacional: https://www.youtube.com/watch?v=DXHuXo8jEvI

A Dama do Cine Shanghai

Julia Pascali fez uma participação como atriz neste longa-metragem de Guilherme de Almeida Prado. O filme é um dos grandes destaques da década de 1980 e narra uma história noir, repleta de mistério, onde um corretor de imóveis entra em um cinema e conhece uma mulher muito parecida com a atriz principal do filme que está sendo exibido na tela. Segue o link para conhecer essa produção nacional: https://www.youtube.com/watch?v=Rm_0tSO-kEs

Brincando nos Campos do Senhor

Um longa-metragem dirigido por Héctor Babenco. Julia Pascali foi consultora de roteiro, selecionou e preparou o elenco indígena. O filme é sobre um casal de missionários e seu filho pequeno embrenham-se na selva amazônica brasileira para catequisar índios ainda arredios à noção de Deus. Martin Quarrier (Aidan Quinn) é sociólogo e termina sendo motivado pelas experiências de outro casal, os Huben. As intenções religiosas e a harmonia entre brancos e índios no local ficam instáveis devido à presença de Lewis Moon (Tom Berenger), um mercenário descendente dos índios americanos. Segue o link para conhecer essa produção rodada no Brasil: https://www.youtube.com/watch?v=ldfgP3WG7Ng

O cego que gritava luz

Julia Pascali fez preparação de atores e uma participação como atriz neste filme de João Batista de Andrade. A história se passa às margens do lago Paranoá, em Brasília, um contador de histórias entretém todos os dias os frequentadores de um bar com suas narrativas. Só que uma delas ele reluta em levar até o fim: a do assassinato de duas meninas, que teve como única testemunha um rapaz cego (Luciano Porto), que tateou o rosto de um dos assassinos. Segue o link dessa produção nacional: https://www.youtube.com/watch?v=v2vKYyg94SM

Desmundo

Neste trabalho Julia Pascali foi responsável pela seleção de elenco indígena e também pela pesquisa de locação.  A obra é dirigida por Alain Fresnot. No Brasil do século XVI, órfãs portuguesas eram enviadas ao país para se casar com os colonos - assim, eles não precisariam correr atrás das índias. Oribela (Simone Spoladore) é uma dessas garotas. Mas ela recusa seu noivo e, para não morrer abandonada num país que não conhece, acaba se casando com Francisco (Osmar Prado), um sujeito rude que trata a mulher como se tivesse a posse dela. Oribela, no entanto, não se resignará a essa situação. Assista o filme:  https://www.youtube.com/watch?v=oxQe_BeRba0

Uma Vida em Segredo

Julia Pascali fez uma participação como atriz neste filme nacional rodado em 2001 e dirigido por Suzana Amaral. Após a morte de seu pai, a jovem Biela, de 17 anos, passa a morar com Conrado, seu primo, que a leva para viver junto com sua família em uma pequena cidade. Constança, esposa de Conrado, busca adaptar Biela a uma vida social de acordo com as posses da família e para tanto encomenda vestidos ricos e a ensina a se portar como uma jovem educada e rica. Entretanto, Biela apenas se sente bem ao lado dos empregados da fazenda onde mora, com quem passa a conviver após uma grande desilusão amorosa. Assista o filme: https://www.youtube.com/watch?v=GjJ20VatzU4